Partilha Nossa Página no Facebook BIC BÁSQUETE 2015: PETRO CONQUISTA 10º TÍTULO ~ Canal 82 | Agência de Notícias

quarta-feira, 17 de junho de 2015

BIC BÁSQUETE 2015: PETRO CONQUISTA 10º TÍTULO


-----
AUGUSTO CAMPOS | LUANDA, 17 Junho 2015: 

Emotivos e voluntariosos, adjectivos faltavam para a claque petrolífera que desde muito antes do arranque da partida emitia gritos de força. No relógio já passavam três minutos da hora agendada (19h00), mas destes ouviam-se coros musicais seguidos de palmas.
Durante entoação do hino nacional, pelo semblante de ambas equipas talvez já se podia definir o vencedor. Os "tricolores" posicionaram frente à frente ao rival e a mão direita sobre o coração, já os “libolenses” pareciam poucos confiantes, todos com as mãos cruzadas para trás, uns com olhar para o chão e outros pelo tecto do pavilhão.
Tão logo o trio de arbitragem, chefiado, por Fernando Pacheco, coadjuvado por Carlos Júlio e David Manuel, começou o desafio os aficionados vestidos na sua maioria de amarelo e azul iniciaram

com forte ovação, apupando todos os momentos que o adversário tentava visar o seu reduto, factor que ajudou o Petro a vencer por 24-23.

O Libolo, mesmos com referências como MVP africano, Carlos Morais, Olímpio Cipriano e Eduardo Mingas via-se reduzido diante das habilidades e eficácia do triplista Emanuel Quezada do eixo viário.

Ainda assim, os pupilos de Norberto Alves conseguiram passar à frente do marcador (33-30) a cinco minutos para o intervalo, neste instante houve um silencio da parte da claque do Petro. Este poderio foi curto, pós os tricolores terminaram a etapa inicial no comando 39-36.

Se em parte a formação do Cuanza Sul perdia na quadra de jogo, nas bancadas também encontravam-se em desvantagem uma vez que o número da torcida azul clara e laranja não ia para além de mil assistentes, que também acudiam o seu plantel com toques ensaiados para inibir os anfitriões, mas em muitas vezes eram ofuscados pela multidão a favor do Petro.
Aos adeptos do Petro de Luanda notava-se uma particular “birra” ao base Carlos Morais, que viu-se apupado, irritado em todos os momentos que este conduzia a bola, situação que provocou o craque a elevar o indicador direito para boca para neutralizar a claque petrolífero, após ter recolocado a sua equipa a liderar partida no fim do penúltimo período, por 61-60, com dois triplos seguidos.

     
Mesmos com esta ligeira desvantagem os amantes do basquetebol do Petro mostravam-se incansáveis crentes no desempenho do conjunto treinado, por Lazare Adingono, o fez recordar a muitos dos presentes no pavilhão que “a união faz a força”, ao  derrotar o Libolo por 90-84.

O duelo contou com animação do grupo de ginastas, que além de exibir uma coreografia acompanhada de exercícios físicos fez acrobacias em mortais, que arrancou fortes aplausos no recinto.
Com este triunfo, o Petro de Luanda soma a décimo segundo troféu na sua galeria, enquanto o LIbolo tem apenas dois.

Tag: Angola Basquetbol 2015, Petro de Luanda, Libolo, InterClube Baic Basquete Angola 2015.

ANGOP

PARTILHA NO FACEBOOK COM AMIGOS...

AUGUSTO KENGUE CAMPOS

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES

DIVULGA-TE AQUI...

DIVULGA-TE AQUI...

PROMOVA TEU EVENTO AQUI...

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

ENVIE-NOS NOVIDADES

ENVIE-NOS NOVIDADES