Partilha Nossa Página no Facebook Ministro e empresários portugueses estão em Luanda ~ Canal 82 | Agência de Notícias

domingo, 12 de fevereiro de 2017

Ministro e empresários portugueses estão em Luanda



O ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal preconizou, na sexta-feira, em Luanda, um maior investimento da Europa no continente africano.

Augusto Santos Silva, que falava no termo de uma conferência sobre “As relações entre Portugal e África” realizada pela embaixada portuguesa, acrescentou que o velho continente deve olhar para África mais sob o ponto de vista da parceria para o desenvolvimento.

O chefe da diplomacia lusa, que se encontra desde sexta-feira em visita oficial de três dias a Angola, apontou o idioma como um bom elemento de facilitação no relacionamento entre Portugal e os Países Africanos de Língua Portuguesa (PALOP).

Santos Silva pediu maior atenção às grandes potencialidades de África e destacou que o continente berço é hoje uma das regiões mais dinâmicas do ponto de vista demográfico do mundo, que, além da sua dimensão, conta com um “recurso fabuloso”, a juventude. “Estamos habituados a falar de África apenas na vertente conflituosa, quando existem aspectos positivos como a sua evolução que devem ser explorados e divulgados”, reconheceu o ministro luso, para quem há uma consolidação excepcional em vários Estados e organizações internacionais africanas que deve ser valorizada. Augusto Santos Silva reconheceu igualmente a “enorme vitalidade da cultura e da criação artística africana”.

Cimeira entre UE e África

Ao falar sobre a recurso fabuloso do continente africano - os jovens -, o ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal anunciou, para Novembro deste ano, a realização da quinta Cimeira União Europeia-África, cujo tema é a juventude. Augusto Santos Silva considerou que o tema foi muito “bem escolhido”, mas defendeu que a cimeira deve ser bem preparada, pois admitiu que “a Europa tem olhado menos do que devia para África”.

O chefe da diplomacia angolana considerou positiva a conferência realizada pela Embaixada de Portugal em Angola. Georges Chikoti disse que o seu homólogo português conseguiu abordar  todas as considerações actuais, ainda que tenha se debruçado também sobre o período colonial e pré-colonial.

“O ministro Augusto Silva abordou o que os Estados hoje podem fazer, bem como o tipo de parcerias que África pode desenvolver com a Europa”, disse Chikoti, para acrescentar: “Foram também abordados   os grandes problemas da migração de cidadãos africanos, onde explicou por que o fenómeno ocorre e como eles encaram isso”.

No encontro participaram o ministro do Ensino Superior, Adão do Nascimento, a secretária de Estado para a Cooperação, Ângela Bragança, o representante do sistema das Nações Unidas em Angola, Paolo Balladelli, docentes e discentes universitários.

Apoio à Agricultura

Portugal vai potenciar os sectores da Educação e Agricultura na província do Huambo, prometeu ontem o ministro luso dos Negócios Estrangeiros. A promessa foi feita no final de uma visita de trabalho de algumas horas que Augusto Santos Silva efectuou à província e que serviu também para acompanhar alguns projectos do seu país naquela região.
Segundo o chefe da diplomacia lusa, Portugal pretende reforçar a cooperação nos dois sectores, tendo em conta as potencialidades desta província, nos sectores da Agricultura e Pecuária e o desenvolvimento alcançado na Educação. Augusto Santos Silva sublinhou que a cooperação vai cingir-se, concretamente, nas áreas acima referidas. Para alcançar estes objectivos, orientou o secretário de Estado da Agricultura e Alimentação de Portugal a acompanhar os cadernos de encargos e trabalhar para efectivação dos acordos.
Em termos de Educação e conhecimento, disse já existir cooperação entre as universidades portuguesas e a “José Eduardo dos Santos”, com sede no Huambo. Neste sentido, garantiu que Portugal vai continuar a conceder bolsas para pós-graduações de docentes angolanos em terras lusas e estabelecer parcerias no ramo da investigação nas distintas unidades orgânicas da Universidade José Eduardo dos Santos. Augusto Santos Silva mostrou-se satisfeito com o andamento e o grau de execução dos projectos do seu país no Huambo, que contribuiu para a criação de mais postos de trabalho no seio da camada jovem desta província.Durante a sua estadia no planalto central, o ministro luso fez, através do Ministério e do Instituto Camões, uma doação de mais de cem livros à biblioteca provincial do Huambo. “Quem fala de Educação e conhecimento fala também de Cultura, uma vez que as nossas bibliotecas são o recurso essencial para promover este conhecimento”, considerou.

O Governador da Provincial do Huambo, João Baptista Kussumua, disse que o Executivo está a fazer tudo para consolidar o poder político do Estado. No caso particular da província, sublinhou, o Governo está empenhado no desenvolvimento multi-sectorial.

João Baptista Kussumua admitiu que os desafios são imensos e tudo deve ser feito com urgência porque as exigências da população também se fazem sentir. “Por isso, esta manhã reiteramos, de forma resumida, sobre as nossas perspectivas, prioridades e urgências, de modo que a província do Huambo possa ser um contribuinte na economia do nosso país. Pretendemos criar no Huambo uma plataforma para o desenvolvimento, olhando para os grandes recursos existentes, que facilitam o desenvolvimento deste espaço territorial”, disse.
A delegação visitou ainda algumas empresas portuguesas sedeadas na província, como a “Mont Car”, “Angolaca”, bem como o Lar de terceira idade “Ongundji Yomwenho”. Visitou também o Instituto de Investigação Veterinária e terminou com um encontro com a comunidade portuguesa residente no Huambo.

Depois, a delegação do ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal seguiu para Benguela, onde efectua uma visita com o mesmo propósito. A delegação portuguesa segue depois para a província da Huíla.

PARTILHA NO FACEBOOK COM AMIGOS...

FRASES DE AUGUSTO KENGUE CAMPOS

AUGUSTO KENGUE CAMPOS

FRASES DE AUGUSTO KENGUE CAMPOS

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES (BAIXAR)

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

PROMOVA TEU EVENTO AQUI...

ENVIE-NOS NOVIDADES

ENVIE-NOS NOVIDADES