Partilha Nossa Página no Facebook Caixa social das FAA investe na hotelaria ~ Canal 82 | Agência de Notícias

domingo, 5 de fevereiro de 2017

Caixa social das FAA investe na hotelaria



A Caixa Social das Forças Armadas Angolanas (FAA) inaugurou, sexta-feira, no Lobito, o Hotel Executivo, uma aplicação em torno da qual se reúnem expectativas quanto à multiplicação de fundos e elevação da capacidade de pagamentos e reinserção profissional de ex-militares.

O director do hotel, Carlos Rosada, disse que o empreendimento foi erguido como  fonte para o sustento do sistema de segurança social das FAA, tornando-o menos dependente do Orçamento Geral do Estado (OGE).

O hotel, em teste desde o dia 28 de Dezembro de 2016, tem cinco pisos, 32 quartos - quatro da classe executiva, igual número de luxo, três familiares e 21 de solteiro e casal - situados acima do rés-do-chão. 

Foram recrutados 30 funcionários - entre os quais ex-militares e familiares - para trabalhar no hotel que tem uma capacidade diária para acomodar 64 hóspedes, oferecendo serviços como internet, intercomunicador, água fria e quente, energia da rede e alternativa, refeições e snacks permanentes.

O director-geral da Caixa Social das Forças Armadas Angolanas, Jacinto Cavunga, pediu da gerência uma estratégia que inclua os consumidores locais na oferta do hotel, para que não se fique à espera que, na situação de crise, sejam os turistas europeus ou de Luanda os que vão viabilizar o empreendimento. 

“Há vários estabelecimentos hoteleiros por aqui mas, apesar do sector ser um dos mais afectados pela crise, lembrem-se que é na adversidade que construiremos uma Angola melhor”, defendeu. Jacinto Cavunga declarou que, apesar da crise que assola o pais, aquela unidade hoteleira tem tudo para arrancar bem e, depois de um curto período de carência, começar a amortizar o capital aplicado.

O vice-governador provincial de Benguela para o Sector Económico e Produtivo, Gika Morais, manifestou satisfação por o arranque do hotel elevar para quatro mil a oferta de camas disponíveis em Benguela, o que considerou ser uma quantidade relevante mas ainda insuficiente para atender a procura.  Além disso, acrescentou, “o país vive uma situação macroeconómica complexa e, no âmbito da diversificação da economia, o sector hoteleiro vai dar o seu contributo para que consigamos concretizar esse objectivo”.

PARTILHA NO FACEBOOK COM AMIGOS...

FRASES DE AUGUSTO KENGUE CAMPOS

AUGUSTO KENGUE CAMPOS

FRASES DE AUGUSTO KENGUE CAMPOS

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES (BAIXAR)

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

PROMOVA TEU EVENTO AQUI...

ENVIE-NOS NOVIDADES

ENVIE-NOS NOVIDADES