Partilha Nossa Página no Facebook Estrela sorridente - Poesia de Augusto Kengue Campos (2017) ~ Canal 82 | Agência de Notícias

domingo, 22 de janeiro de 2017

Estrela sorridente - Poesia de Augusto Kengue Campos (2017)



Estrela sorridente
Por: Augusto Kengue Campos
___________________

Perdido na via láctea,
entre a nebulosa formiga e a supernova,
atormentado pelo infinito,
estreitam-me as consequências da solidão.

Medo, angústia, melancolia,
amnésia, anoréxia, depressão,
posicionam-se ao meu redor,
com razão.

Mente turva, visão fusca,
relógio atrasadao, assaltam a razão.

Um planeta vermelho, outro
laminado, um outra ainda gelado, consigo
enchergar.

Será um sonho?

Uma estrela sorrí para mim,
recebo aconlhimento fraterno
nas suas nuvens.

A estrela fita-me,
eu nada falo, nem me calo,
falo calado,

vecido pelo seu punho.

PARTILHA NO FACEBOOK COM AMIGOS... 


Tag: Poesia de augusto kengue campos, poesia angolna, poetas angolanos, poesia de africanos, poetas de angola, poesia de augusto kengue campos, augusto kengue campos poesia, poesia de augusto kengue campos, poesia da alma africanos, angolanos escritores, escritores angolanos, poesia de augusto kengue campos, poesia de escritores angolanos.

FRASES DE AUGUSTO KENGUE CAMPOS

AUGUSTO KENGUE CAMPOS

FRASES DE AUGUSTO KENGUE CAMPOS

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES (BAIXAR)

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

PROMOVA TEU EVENTO AQUI...

ENVIE-NOS NOVIDADES

ENVIE-NOS NOVIDADES