Partilha Nossa Página no Facebook ANGOLA: ENTRE JULHO À NOVEMBRO DE 2015 APENAS ENTRARAM 4.327 CARROS NO PAÍS ~ Canal 82 | Agência de Notícias

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

ANGOLA: ENTRE JULHO À NOVEMBRO DE 2015 APENAS ENTRARAM 4.327 CARROS NO PAÍS



AUGUSTO CAMPOS | LUANDA, 02 Novembro 2015:
De JA

A entrada de viaturas em Angola caiu 86 por cento no terceiro trimestre deste ano, ao passar de 32.309 unidades, no período homólogo de 2014, para 4.327, informou o Conselho Nacional de Carregadores na última edição do Boletim estatístico.

Os dados têm como base os certificados de embarque emitidos para todos os produtos que entram em Angola e revelam uma redução de 27.982 unidades.

Do total, 37,42 por cento de viaturas que entraram no país foram importadas dos Emirados Árabes Unidos, num total de 1.619 unidades. Da China chegaram 602 veículos, o equivalente a 13,91 por cento do total. A Índia e a Coreia do Sul ocuparam as posições imediatas com o equivalente a 9,48 e 8,62 por cento, respectivamente. 

Nas dez primeiras posições surgem ainda a Itália com 5,15 por cento do total, Portugal com três por cento, a Bélgica (2,89 por cento), Brasil (2,80 por cento), Líbano (2,47 por cento) e Japão com 2,38 por cento. 

A Sogepower foi quem mais veículos importou durante o terceiro trimestre deste ano, com 378 unidades, o equivalente a 8,74 por cento do total, superando a Imporáfrica, que importou 323 veículos (7,46 por cento) e o Grupo Autostar, que obteve um registo de 228 unidades, equivalente a 5,27 por cento. Nos lugares imediatos aparecem a Cosal, a concessionária da marca Hyundai, que registou queda de 87,94 por cento, a Daimic, a Fugi Sawa e a Lusolanda.

O Porto de Luanda destacou-se como a principal entrada de viaturas para o país, com um total de 4.217 unidades. No período anterior tinha recebido 31.891 unidades, o que representa uma queda de 86,78 por cento. O Porto de Cabinda, o segundo da lista, registou uma queda de 78,28 por cento, e o Porto do Lobito recebeu menos 78,57 por cento. No segundo trimestre, com 7.811 unidades registadas, o Porto de Luanda foi a principal porta de entrada de veículos no país. Seguiu-se o Porto do Lobito, 99, e o Porto de Cabinda, com 77. No total, chegaram ao país 7.995 veículos. 

A Toyota de Angola foi quem mais veículos importou durante o segundo trimestre de 2015, com 726 unidades, o equivalente a 9,08 por cento do total, superando a Angolauto, que importou 520 veículos (6,50 por cento) e a Huafeng com um registo de 404 unidades, equivalente a 5,05 por cento. Nos lugares imediatos  aparecem a Sogepower, a Vauco, a Imporáfrica e a Lusolanda.

Do total de veículos que entraram em Angola no segundo trimestre deste ano, 29,36 por cento foram importados dos Emirados Árabes Unidos, num total de 2.347 unidades. Da China chegaram 1.581, o equivalente a 19.77 por cento do total. 

Tal como aconteceu no trimestre anterior, a Índia e a Coreia do Sul ocuparam as posições imediatas com 10,53 e 7,60 por cento, respectivamente. Nas dez primeiras posições surgem ainda a Tailândia com 5,99 por cento do total , o Japão com 5,18 por cento , a Bélgica (4,70 por cento), a África do Sul, (3,51 por cento), a Indonésia (2,74 por cento) e Portugal com 2,39 por cento. Na lista, o destaque vai para a subida do fornecimento de viaturas de países como a Índia e a Tailândia, que suplantaram mercados como o  da Bélgica, África do Sul e Portugal, todos tradicionais exportadores de viaturas para Angola.

Tag: Crise em Angola, Angola em Crise. Carros em angola exportados.

PARTILHA NO FACEBOOK COM AMIGOS...

AUGUSTO KENGUE CAMPOS

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES

DIVULGA-TE AQUI...

DIVULGA-TE AQUI...

PROMOVA TEU EVENTO AQUI...

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

ENVIE-NOS NOVIDADES

ENVIE-NOS NOVIDADES