Partilha Nossa Página no Facebook NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO DO PORTUGUÊS-BAIXAR ~ Canal 82 | Agência de Notícias

terça-feira, 1 de setembro de 2015

NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO DO PORTUGUÊS-BAIXAR




CLICA PARA BAIXAR ESTE FICHEIRO EM PDF:

http://www88.zippyshare.com/v/dvdxUn4s/file.html

AUGUSTO CAMPOS | LUANDA, 01 Setembro 2015:

O guia definitivo do uso do hífen!


Se na escola você é obrigado a decorar regras de uso do hífen, peça para demitir seu professor.
É sério, nem os maiores especialistas em gramática escapam das dúvidas na hora de usar esse tracinho problemático. Então, por que diabos você, aluno, deveria ser melhor que os especialistas? Não faz sentido.


Exemplos de uso

Vamos corrigir as palavras conforme o uso correto do hífen

Sub-urbano
Hiperativo
Bio-medicina
Mal-humorado

Sub-urbano

Prefixo sub- seguido de uma palavra que começa com vogal. A tabela diz que não se deve usar hífen. A grafia correta é, então, suburbano.

Hiperativo

Iniciada com o prefixo hiper- seguido de vogal. Consultando a tabela vemos que não se usa hífen. A palavra está certa assim.

Bio-medicina

Bio- é um prefixo de formação erudita, que são aqueles usados nas ciências, por exemplo. Pela tabela vemos que nunca se deve usar hífen com esses prefixos. Então, o certo é biomedicina, sem hífen.

Mal-humorado

Ainda lembra do uso de mau/mal? Isso mesmo, mal é o contrário de bem. Por isso mal-humorado é o contrário de bem humorado. Mas vai hífen ou não? Pela tabela, o prefixo mal- seguido de uma palavra que comece com h, deve ter hífen.

Assim, a lista corrigida fica:

Suburbano
Hiperativo
Biomedicina
Mal-humorado

Prefixos terminados em "r" requerem hífen diante de termos iniciados por "r"


Prova de que as mudanças advindas da reforma ortográfica ainda não assentaram é o tipo de erro de grafia do trecho acima. No imaginário de muita gente, os dois "rr" agora se juntam definitivamente. Errado.

Vamos entender a questão. As palavras que passaram a ser escritas com "rr" são aquelas formadas de prefixos terminados em vogal seguidos determos iniciados pela letra "r", como é o caso de "autorretrato" (auto + retrato). Isso decorre do fato de que, entre duas vogais, um "r" ou dois "rr" levam a pronúncias diferentes ("caro" é diferente de "carro").

A reforma criou uma regra simplificadora: se a letra final do prefixo for idêntica à inicial do termo subsequente, haverá hífen. Assim: contra-ataque, entre-eixos, arqui-inimigo, micro-ondas, sub-bibliotecário, pan-negritude, circum-murado, ad-digital, hiper-realista etc. Foge a essa regra apenas o prefixo "trans-", que se aglutina com o termo posterior, desde que este não se inicie por "h". Daí "transexual", mas "trans-histórico". 

Vale ainda a observação, a título de lembrete, de que os prefixos terminados em "r" não sofreram alteração com a reforma. Continuam requerendo o hífen diante de "r" e "h". Assim: super-requintado, inter-regional, super-homem, super-herói etc. Nos demais casos, basta fazer a aglutinação: interestadual, superexposição, cibercafé, nupercasado (sinônimo de "recém-casado"), hiperativo etc. 

Abaixo, o texto corrigido:

Acento ou assento?


Veja só a confusão que ocorreu outro dia num texto sobre automóveis:

“De acordo com o médico, veículos modernos são projetados para evitar dores no corpo do condutor. Os modelos mais sofisticados trazem acentos com abas laterais (sustentam o corpo e protegem a região lombar), volante com ajuste de altura e profundidade e fácil acesso aos pedais.”

Já percebeu qual foi o problema? “Acento” no lugar de “assento”! Pois é, “acento” é bem diferente de “assento”. Essas palavras são chamadas, na gramática tradicional, de homônimos. Isso porque elas têm exatamente a mesma pronúncia. A semelhança, no entanto, para por aí. Cada uma tem uma grafia e cada uma tem seu significado. Não há corretor ortográfico que nos ajude a corrigir esse tipo de erro. O único jeito mesmo é saber a hora de usar cada um dos homônimos.

Assento serve para sentar-se (veja a semelhança gráfica entre as palavras, que são da mesma família). O verbo “assentar” também pertence ao grupo de cognatos. Aliás, esse verbo tem dois particípios (assentado e assente). Foi a segunda forma que a angolana vencedora do concurso Miss Universo 2012 usou em sua declaração: “”De certa forma, a minha vida acaba de mudar. Vou precisar de Deus e de ter os pés bem assentes na Terra”.

Assento, com “ss”, é o banco do carro, é a poltrona do cinema, é a cadeira do brinquedo no Hopi Hari, é um lugar (o Brasil pleiteia um assento na ONU) e até mesmo… as nádegas!

Acento, com “c”, é a sílaba forte de uma palavra, o sinal gráfico que a demarca ou mesmo o sotaque.
Como vemos, “acento” e “assento” são coisas bem diferentes!… Vamos corrigir a frase? Veja abaixo:
“De acordo com o médico, veículos modernos são projetados para evitar dores no corpo do condutor. Os modelos mais sofisticados trazem assentos com abas laterais (sustentam o corpo e protegem a região lombar), volante com ajuste de altura e profundidade e fácil acesso aos pedais.”

Tag: Reforma ortográfica 2014, nova reforma ortográfica do português, Acordo ortografico AO90, Baixar no vo acordo Ortógráfico, Download Acordo Ortográfico. Brasileiro Português.

PARTILHA NO FACEBOOK COM AMIGOS...

AUGUSTO KENGUE CAMPOS

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES

DIVULGA-TE AQUI...

DIVULGA-TE AQUI...

PROMOVA TEU EVENTO AQUI...

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

ENVIE-NOS NOVIDADES

ENVIE-NOS NOVIDADES