Partilha Nossa Página no Facebook 9 QUILOS DE COCAÍNA: DIRIGENTE DO BENFICA DETIDO EM PORTUGAL ~ Canal 82 | Agência de Notícias

terça-feira, 1 de setembro de 2015

9 QUILOS DE COCAÍNA: DIRIGENTE DO BENFICA DETIDO EM PORTUGAL



AUGUSTO CAMPOS | LUANDA, 01 Setembro 2015:
DR / TPA

O Director do Departamento de Apoio aos Jogadores do clube da Luz foi detido por tráfico de droga. No gabinete que ocupava, no estádio, tinha reuniões com cidadãos de nacionalidade colombiana.

A operação ocorreu no final do mês de julho, mas passou despercebida: a Polícia Judiciária fez buscas no Estádio da Luz e nas instalações do Benfica, tendo detido um indivíduo referenciado como director do Departamento de Apoio aos Jogadores do clube. No momento da detenção, o homem viajava num automóvel do Benfica e tinha em seu poder 9,5 kg de cocaína.

O director de comunicação do Benfica, João Gabriel, disse apenas que se trata de "um problema da justiça com o cidadão José Carriço" que nada tem a ver com o clube. O Benfica deverá alegar que Carriço já não era funcionário nem director do Departamento de Apoio aos Jogadores quando foi detido.

O Ministério Público de Sintra - titular do inquérito criminal - considera que a ligação do indivíduo ao clube é clara.

A investigação inclui escutas telefónicas que revelam as funções de liderança assumidas por José Carriço no clube, auxiliando os novos jogadores em questões burocráticas, a arranjar casa e carro.

Carriço era motorista de Luís Filipe Vieira e chegou depois a director. A investigação teve início no final do ano passado e foi-lhe atribuído o nome de Porta 18, uma vez que era por esta porta do estádio do Benfica que entravam cidadãos de nacionalidade colombiana para reuniões marcadas com José Carriço.

O referido director do Benfica terá sido detido na A1, quando seguia num automóvel do clube com outro indivíduo, tendo-lhes sido apreendidos quase dez quilos de cocaína. No momento da detenção, adianta o JN, estavam a ser realizadas buscas no gabinete de Carriço no clube.

Sobre a operação, a PJ emitiu depois um comunicado, sem identificar suspeitos ou entidade patronal, revelando que tinha sido desmantelado um "grupo organizado dedicado ao tráfico de cocaína", que se dedicava à importação por via aérea de estupefacientes para Portugal desde a América do Sul. Nesta declaração, a PJ informa que os dois indivíduos que foram detidos, com 54 e 58 anos, foram sujeitos a prisão preventiva por decisão de um juiz de instrução criminal.

PARTILHA NO FACEBOOK COM AMIGOS...

AUGUSTO KENGUE CAMPOS

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES

DIVULGA-TE AQUI...

DIVULGA-TE AQUI...

PROMOVA TEU EVENTO AQUI...

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

ENVIE-NOS NOVIDADES

ENVIE-NOS NOVIDADES