Partilha Nossa Página no Facebook PETRÓLEO: EUA É O MAIOR PRODUTOR AO SUPERAR ARÁBIA SAUDITA ~ Canal 82 | Agência de Notícias

sexta-feira, 3 de julho de 2015

PETRÓLEO: EUA É O MAIOR PRODUTOR AO SUPERAR ARÁBIA SAUDITA



------
AUGUSTO CAMPOS | LUANDA, 03 Julho 2015:

Os Estados Unidos registaram o maior crescimento em nível mundial na produção de petróleo e ultrapassaram a Arábia Saudita na liderança do sector em 2014, informa o estudo anual sobre energia da BP, apresentado ontem em Lisboa. O BP Statistical Review of World Energy 2015 é uma das publicações de referência mundial do sector energético.
William Zimmern, responsável pelos estudos da petrolífera britânica, adiantou que desde 1975 isso não ocorria: “Os EUA registaram o maior crescimento a nível mundial na produção de petróleo, tornando-se o primeiro país a aumentar a produção em pelo menos 1 milhão de barris por dia durante três anos consecutivos e assumindo o lugar da Arábia Saudita como maior produtor do mundo”, adiantou.
Essa alteração teve efeito nos preços do petróleo, bem como uma mudança da ordem económica global, isso porque os Estados Unidos “já não são o maior importador de energia, sendo actualmente a China”, disse William Zimmern.
Com a Europa recuando no consumo do petróleo, devido à contrcação económica e os Estados Unidos importando cada vez menos petróleo e gás, a produção da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) manteve-se inalterada e a participação do cartel na produção global caiu para 41 por cento, o nível mais baixo desde 2003″, observou o estudo.
Angola registou uma variação negativa na sua produção em 2014 em relação a 2013, com uma descida de 4,9 por cento na produção que passou de 1,799 milhões de barris por dia para 1,712 milhões. Diferente do comportamento do principal produtor da África subsariana, a Nigéria, que registou uma subida de 2,5 por cento, passando de 2,302 milhões de barris/dia para para 2,361 milhões barris/dia.
tabela_africa
Diga-se que a diminuição de produção angolana seguiu a tendência do continente, onde a descida, no seu todo, foi de 5 por cento, de 8,684 milhões em 2013 para 8,263 milhões em 2014, fruto, sobretudo, da forte quebra de produção Líbia, para quase metade (menos 49,8 por cento), de 988 mil barris/dia para 498 mil barris/dia.
Em termos globais, o crescimento da produção de petróleo no ano passado “foi mais do dobro do consumo mundial, com aumento de 2,1 milhões de barris diários, ou seja, 2,3 por cento”, mostra o estudo, acrescentando que, “à excepção do carvão”, registou-se em 2014 “um aumento na produção de todos os combustíveis”.
Do ponto de vista do consumo, todas as energias cresceram 0,9 por cento em 2014, “uma forte desaceleração em relação a 2013 (mais 2 por cento), bem abaixo da média de 2,1 por cento dos últimos dez anos, apesar de o crescimento económico ter sido semelhante a 2013″.
O petróleo permaneceu como o combustível líder no mundo, com 32,6 por cento do consumo global de energia, mas perdeu quota de mercado pelo 15.º ano consecutivo.
Quanto à evolução dos preços da energia em 2014 “foi, em geral, fraca, com os preços do petróleo e do carvão caindo globalmente”, sendo que o preço do barril de petróleo do Mar do Norte (Brent), “situou-se numa média de USD 98,95 por barril, com uma queda de US 9,17 por barril em relação ao nível de 2013.



NOVA_tabela_mundo























Tag: maiores Produtores de Petróleo de áfrica e do Mundo angola Petróleo.

PARTILHA NO FACEBOOK COM AMIGOS...

AUGUSTO KENGUE CAMPOS

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES

DIVULGA-TE AQUI...

DIVULGA-TE AQUI...

PROMOVA TEU EVENTO AQUI...

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

ENVIE-NOS NOVIDADES

ENVIE-NOS NOVIDADES