Partilha Nossa Página no Facebook MUNDO CELEBROU O DIA DOS ALBINOS ~ Canal 82 | Agência de Notícias

segunda-feira, 15 de junho de 2015

MUNDO CELEBROU O DIA DOS ALBINOS

 
-----
AUGUSTO CAMPOS | LUANDA, 15 Junho 2015: 

O mundo celebrou ontem, pela primeira vez, o Dia Mundial de Consciencialização do Albinismo, numa iniciativa do Alto Comissário para os Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas.
"A data é uma oportunidade para celebrar as conquistas das pessoas com albinismo e incentivar a união na luta contra os desafios que eles sofrem", afirmou o Alto Comissário para os  Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas.
Em mensagem sobre a data, o Alto Comissário para os Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas,  Zeid Al Hussein, afirmou que, em todas as sociedades, nascem albinos por causa de genes recessivos em ambos pais e lamentou que essas pessoas tenham maiores riscos de enfrentar assédio, preconceito e até violência por estereótipos baseados na cor da pele.
O Alto Comissário afirmou que as pessoas com albinismo frequentemente não têm acesso adequado a cuidados de saúde, apesar da condição poder prejudicar a sua visão e aumentar o risco de cancro da pele. Zeid Hussein disse que a falha em acomodar a deficiência visual e combater a zombaria e os abusos, tem forçado os albinos a abandonar a escola, o que, agravado pela ampla rejeição social, pode resultar em desemprego, isolamento e pobreza ao longo da vida.

Direito dos albinos

Segundo o Alto Comissário, em algumas partes do Mundo pessoas com albinismo podem também sofrer "atrocidades horríveis e, às vezes, letais".Activistas da sociedade civil disseram que centenas de pessoas com albinismo, a maioria crianças, foram atacadas, mortas ou mutiladas em pelo menos 25 países africanos.
O motivos prendem-se com crenças de que partes dos seus corpos conferem poderes mágicos, mas os crimes decorrentes disso, segundo o Alto Comissário, raramente são  investigados ou processados. Recentemente, a discriminação e a violência contra indivíduos com albinismo têm sido destacadas pelo Conselho da Organização das  Nações Unidas para os Direitos Humanos, pelo Escritório do Alto Comissário e pela Comissão Africana de Direitos Humanos.
O albinismo é uma condição rara, genética e não contagiosa, caracterizada pela falta de pigmentos na pele, nos cabelos e nos olhos.

Gene do albinismo

Os pais necessitam de ter o gene do albinismo para que o mesmo seja passado aos filhos, ainda que os progenitores nunca tenham apresentado a condição.
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), na África Subsaariana acredita-se que uma entre cinco mil ou 15 mil pessoas possa ser albina. Na Europa e nos Estados Unidos, a taxa é de uma entre 20 mil pessoas.

Tag: Albino, Albinismo, Albinos em Angola, O que causa Albinismo, Dia dos Albinos no Mundo.
PARTILHA NO FACEBOOK COM AMIGOS...

AUGUSTO KENGUE CAMPOS

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES

DIVULGA-TE AQUI...

DIVULGA-TE AQUI...

PROMOVA TEU EVENTO AQUI...

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

ENVIE-NOS NOVIDADES

ENVIE-NOS NOVIDADES