Partilha Nossa Página no Facebook 4 DICAS PARA ABANDONAR O ÁLCOOL, COMO DEIXAR DE BEBER ÁLCOOL ~ Canal 82 | Agência de Notícias

sábado, 18 de outubro de 2014

4 DICAS PARA ABANDONAR O ÁLCOOL, COMO DEIXAR DE BEBER ÁLCOOL

 

AUGUSTO CAMPOS, LUANDA, 15 Outubro 2014: Você provavelmente quer largar o álcool caso esteja olhando essa página. Isso é ótimo. A parte que não é tão ótima é a dificuldade desse processo. É verdade quando dizem que ele é doloroso, e ninguém deve negar isso. O bom é que a tecnologia médica, as comunidades integradas, e os aconselhamentos psicológicos eficientes facilitaram muito a vida de quem quer deixar de ser alcoólatra. A sobriedade oferece muitos benefícios caso você sinta estar bebendo demais: diminuição das chances de convulsões, perda de peso, ressacas inexistentes e redução da probabilidade de doenças no fígado são apenas algumas vantagens para sua saúde. Caso queira parar de beber, aqui estão algumas dicas e estratégias para que você retorne ao caminho da sobriedade.

1
Converse com seu médico. Mantenha em mente que a abstinência pode ser potencialmente mortal caso você decida seguir o caminho da recuperação sozinho. Você deve procurar um médico assim que um dos seguintes sintomas lhe afligir: ataques de pânico, ansiedade grave, tremores, batimentos cardíacos acelerados. Tais problemas poderiam potencialmente evoluir para um caso de delirium tremens, que é mortal se não for tratada.
  • Não sinta que é necessário parar de beber sozinho. Você está carregando um fardo pesadíssimo, mas muitas pessoas (incluindo aquelas com diplomas médicos) querem ajudá-lo. Normalmente, é mais fácil parar de beber com a ajuda de intervenção médica.
  • Médicos tratando abstinência alcoólica normalmente prescrevem benzodiazepinas para ajudar com os sintomas. [1] As benzodiazepinas – encontradas em medicamentos como Alprazolam (Xanax), Clonazepam, Diazepam (Valium) e Lorazepam (Ativan) – são drogas psicoativas usadas para reduzir a ansiedade e controlar o pânico. [2] Elas são relativamente seguras e raramente são fatais em caso de overdose. [2] 
2
Mude sua atitude em relação ao abandono do álcool. Lembre-se, você não está sendo forçado a desistir de um bom amigo que lhe tratou bem. Em vez disso, você está finalmente se livrando de um inimigo. Ajuste sua atitude para que o abandono seja mais fácil. Sua melhor metade quer que você desista; sua metade egoísta quer que você continue o mesmo.
3
Tente escolher uma data significante para parar. Seja ambicioso, mas razoável. É preciso começar a beber um pouco menos caso você tenha sérios problemas com o álcool para evitar os sintomas da abstinência (nesse caso, é melhor você pedir para que um médico o ajude a planejar uma data para parar).
 
PARTILHA NO FACEBOOK COM AMIGOS...

AUGUSTO KENGUE CAMPOS

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES

DIVULGA-TE AQUI...

DIVULGA-TE AQUI...

PROMOVA TEU EVENTO AQUI...

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

ENVIE-NOS NOVIDADES

ENVIE-NOS NOVIDADES