Partilha Nossa Página no Facebook Libolo vence Taça de Angola na despedida do português João Paulo Costa ~ Canal 82 | Agência de Notícias

sábado, 12 de novembro de 2016

Libolo vence Taça de Angola na despedida do português João Paulo Costa



O Recreativo do Libolo venceu hoje a Taça de Angola em futebol, a primeira da história do clube do Cuanza Sul, derrotando o Progresso do Sambizanga por 2-1, após prolongamento, na despedida do treinador português João Paulo Costa.

Numa final inédita, ao fim de 35 edições, as duas equipas chegaram pela segunda vez ao jogo decisivo da Taça de Angola, a última partida da temporada de 2016.
O Recreativo do Libolo entrou em jogo tendo presente a derrota sofrida na visita ao Sambizanga, em Luanda, a 16 de outubro último, já na reta final do ‘Girabola’, resultado que representou então o início do fim do sonho do tricampeonato para a formação de Calulo.
"É uma equipa de grandes homens, de grande caráter", disse, no final da partida, o treinador português do Libolo, João Paulo Costa, admitindo os momentos de "ansiedade" e de "sofrimento" que os jogadores chegaram a viver durante o jogo.
Questionado sobre a continuidade na equipa ‘laranja’, após vencer o ‘Girabola’ de 2015, a Supertaça de 2016 e agora a Taça de Angola, João Paulo Costa anunciou a saída: "A minha decisão está tomada. Termino aqui a minha ligação ao Libolo".
A jogar no estádio dos Coqueiros, em Luanda, praticamente na casa do adversário, o Recreativo do Libolo levou 24 minutos a inaugurar o marcador, por intermédio do avançado luso-angolano Erivaldo, antigo jogador do Sporting de Braga e do Farense, em Portugal.
A justificar a vantagem no final do primeiro tempo, o Libolo viu o adversário carregar na segunda parte, na tentativa de chegar ao empate, criando algumas oportunidades claras de golo, mas que foram desperdiçadas.
Acabaria por ser o jovem Vá, aos 85 minutos, a marcar o golo da equipa do Sambizanga, popular bairro de Luanda, levando a partida para um prolongamento de 30 minutos.
O golo decisivo da final surgiria aos 101 minutos, por intermédio de Ito, recolocando o Recreativo do Libolo na frente do marcador, por 2-1, resultado que permaneceu inalterado até final do prolongamento.
"Tivemos uma atitude convincente", disse o treinador do Progresso do Sambizanga, Albano César, inconformado com a legalidade do golo que deu a vitória ao Libolo, por uma alegada carga do jogador adversário sobre o guarda-redes.
"Trabalhámos tudo, reconhecemos a grande qualidade técnica do Libolo. É preciso marcar, meter a bola baliza, não conseguimos. Fomos infelizes", disse o técnico ‘sambila’.
Com esta vitória, que valeu um prémio de cinco milhões de kwanzas (27,6 mil euros), a equipa do Recreativo do Libolo vai representar Angola nas eliminatórias de acesso à fase final da Taça da Confederação, segunda competição africana de clubes após a Liga dos Campeões.

SAPO

AUGUSTO KENGUE CAMPOS

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES

DIVULGA-TE AQUI...

DIVULGA-TE AQUI...

PROMOVA TEU EVENTO AQUI...

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

ENVIE-NOS NOVIDADES

ENVIE-NOS NOVIDADES