Partilha Nossa Página no Facebook REAL MADRID GOLEIA MALMO DA SUÉCIA POR 8-0 ~ Canal 82 | Agência de Notícias

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

REAL MADRID GOLEIA MALMO DA SUÉCIA POR 8-0



AUGUSTO CAMPOS | LUANDA, 09 Dezembro 2015:

Era uma noite teoricamente calma para o Real Madrid, que já tinha garantido o primeiro lugar no Grupo A da Liga dos Campeões, tanto que Rafael Benítez até optou por poupar jogadores como Keylor Navas, Luka Modric ou Gareth Bale. Mas há um que nunca descansa: Cristiano Ronaldo esteve em campo, viveu uma noite memorável e ajudou os merengues a construir um resultado histórico. Quatro golos do internacional português deram-lhe um novo recorde de golos marcados nos seis jogos da fase de grupos: 11 (sim, onze).

Cristiano Ronaldo fez metade do resultado do Real Madrid, que trucidou o Malmö por 8-0 e igualou o registo histórico do maior triunfo na história da fase de grupos da Liga dos Campeões, que pertencia ao Liverpool. Em 2007-08, em Anfield, os reds bateram o Besiktas por 8-0. O treinador dessa equipa do Liverpool, em que jogava Arbeloa, era nada menos do que Rafael Benítez.

O Malmö ainda alimentava uma réstia de esperança em chegar ao terceiro lugar do Grupo A da Liga dos Campeões e assim aceder à Liga Europa, mas o Real Madrid arrasou-a em pouco tempo. O marcador começou a funcionar com um “bis” de Benzema e Cristiano Ronaldo apontou o primeiro da conta pessoal aos 39’, num livre directo indefensável. A bola bateu à frente do guarda-redes sueco, traindo-o.

Logo a abrir a segunda parte, o internacional português apontou o segundo da noite, e aos 50’ já estava completo o hat-trick com um remate dentro da área. Mas ainda não chegava para Cristiano Ronaldo, que chegou à partida desta terça-feira com sete golos marcados na fase de grupos da Champions. Aos 59’, o Real Madrid chegou ao 6-0, outra vez por Cristiano Ronaldo. Foi o quarto golo no jogo e o 11.º na fase de grupos, um novo recorde na principal competição europeia de clubes. Kovacic e Benzema completaram o resultado histórico e acabaram com qualquer dúvida.

No outro jogo do grupo, o Paris Saint-Germain derrotou o Shakhtar Donetsk (2-0) com golos de Lucas e Ibrahimovic, na segunda parte, o que não impede os ucranianos de passarem para a Liga Europa.

Red devils eliminados
Com os dois lugares nos oitavos-de-final atribuídos nos Grupos A, C e D, era na indefinição do Grupo B que se centravam as atenções. Wolfsburgo, Manchester United e PSV Eindhoven eram os candidatos às vagas, com os dois primeiros a jogarem entre eles. A equipa de Louis van Gaal estava obrigada a vencer para não ter de ficar a torcer por um empate ou derrota do PSV diante do CSKA Moscovo. Mas o Manchester United, três vezes campeão europeu, ficou pelo caminho. Durante minutos, os red devils tiveram um pé nos oitavos-de-final da Champions, mas a recta final do jogo ditou um final de noite amargo para Van Gaal.

Sem Rooney, Herrera, Valencia, Rojo ou Shaw, o Manchester United entrou em campo com algumas novidades, a principal delas o uruguaio Guillermo Varela, que foi pela primeira vez titular (tinha-se estreado no fim-de-semana, como suplente utilizado). O início do jogo foi prometedor, com Martial a adiantar os red devils logo aos dez minutos.

Mas o Wolfsburgo reagiu de forma demolidora e, antes do intervalo, já estava em vantagem. Naldo fez o 1-1 com um desvio de primeira ao livre de Ricardo Rodríguez (13’) e o português Vieirinha consumou a reviravolta na conclusão de uma jogada brilhante do Wolfsburgo, a lembrar o futebol do Barcelona.

Subitamente, em Eindhoven, o CSKA chegou à vantagem. Mesmo a perder, o Manchester United qualificava-se. E depois os acontecimentos precipitaram-se: Guilavogui marcou na própria baliza e fez o 2-2 em Wolfsburgo; na Holanda o PSV fez o 1-1. Mais uns minutos e tudo mudava outra vez: Naldo “bisou”, colocando o Wolfsburgo na frente (3-2); e Pröpper marcou o golo da vitória do PSV sobre o CSKA, relegando os red devils para a Liga Europa.

No Grupo D, o Manchester City tirou o primeiro lugar à Juventus, que perdeu na visita ao Sevilha (1-0). Os andaluzes vão para a Liga Europa.

PARTILHA NO FACEBOOK COM AMIGOS...

AUGUSTO KENGUE CAMPOS

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES

DIVULGA-TE AQUI...

DIVULGA-TE AQUI...

PROMOVA TEU EVENTO AQUI...

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

ENVIE-NOS NOVIDADES

ENVIE-NOS NOVIDADES