Partilha Nossa Página no Facebook CAMPEONATO AFRICANO DE BASQUETEBOL FEMININO REALIZA-SE EM LUANDA ~ Canal 82 | Agência de Notícias

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

CAMPEONATO AFRICANO DE BASQUETEBOL FEMININO REALIZA-SE EM LUANDA



AUGUSTO CAMPOS | LUANDA, 27 Novembro 2015:

O Interclube, com quatro troféus conquistados em 20 edições da Taça dos Clubes Campeões africanos em basquetebol sénior feminino, é a equipa mais titulada da prova, cuja 21ª edição começa a ser disputada hoje em Luanda.~

A conquista permitiu a formação afecta ao Ministério do Interior distanciar-se da equipa do Dakar UC do Senegal, com quem partilhava a primeira posição, com três ceptros.

De 2010, ano de conquista da primeira medalha de ouro na cidade de Bizerte, Tunísia, a 2013 em Meknes, Marrocos, que o Interclube soma três taças e uma medalha de prata conquistada na final de 2012, em Abidjan, Costa do Marfim. Contas feitas, o clube presidido por Alves Simões está há cinco anos no topo do basquetebol africano.

Com vitória tangencial por 75-74, diante do 1º de Agosto, na segunda final 100 por cento angolana, depois de em 2013 se ter registado o mesmo, o Inter conseguiu na cidade de Sfax, Tunísia, feito histórico e inédito na segunda maior competição do calendário de provas da FIBA-África, órgão reitor da modalidade no continente, a consagração como tetracampeão. O máximo de títulos ganhos sucessivamente por uma equipa foram dois. BC Tourbilon do ex-Zaíre, em 1987 e 89, foi o primeiro bicampeão. Seguiu-se o Dakar UC do Senegal, em 97 e 99, Desportivo de Maputo de Moçambique, em 2007 e 08, e Interclube, em 2010 e 11, e agora em 2013 e 14.

A primeira edição foi disputada em 1985, em Dakar, Senegal, e ganha pelo ASCC BOPP, equipa anfitriã. Manuel Sousa “Necas”, treinador das campeãs africanas, busca este ano um número inédito, erguer pela terceira vez a taça.
O 1º de Agosto é o conjunto com mais finais disputadas, nove no total. As militares conseguiram levar para a sua galeria apenas uma taça, em 2006. O Interclube e o DUC do Senegal vêem a seguir com cinco finais. Ambas têm três medalhas de ouro no seu historial. 

A vitória do Interclube permitiu elevar para nove o número de títulos conquistados por equipas da África lusófona, contra oito dos países de expressão francófona e dois dos anglófonos. 

Pelos países lusófonos a primeira equipa a conquistar o troféu foi o Clube Desportivo Maxaquene de Moçambique, em 1991, Académica (2001), 1º de Agosto (2006), Desportivo de Maputo (2007), Interclube (2010, 2011, 2013 e 2014) e Liga Muçulmana (2012).

PARTILHA NO FACEBOOK COM AMIGOS...

AUGUSTO KENGUE CAMPOS

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES

DIVULGA-TE AQUI...

DIVULGA-TE AQUI...

PROMOVA TEU EVENTO AQUI...

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

ENVIE-NOS NOVIDADES

ENVIE-NOS NOVIDADES