Partilha Nossa Página no Facebook VENCEDORES DO PRÉMIO NOBEL 2015 ~ Canal 82 | Agência de Notícias

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

VENCEDORES DO PRÉMIO NOBEL 2015



AUGUSTO CAMPOS | LUANDA, 08 Outubro 2015:

Criadores de terapias contra malária e verminose levam Nobel de Medicina.
Prêmios de Física, Química e Paz ainda devem ser anunciados na semana.


PRÉMIO NÓBEL DA MEDICINA



Nesta segunda-feira (5), o prêmio Nobel de Medicina e Fisiologia foi concedido aos cientistas William C. Campbell, irlandês, e Satoshi Omura, japonês, por criarem novas terapías para combater doenças causadas por vermes nematódeos e para YouYou Tu, chinesa, por desenvolver uma nova terapia contra malária.
Os dois primeiros vencedores dividirão metade dos 8 milhões de coroas suecas do prêmio (US$ 963 mil), enquanto Tu ficará com a outra metade.
Campbell e Omura descobriram uma nova droga, avermectina, que reduziu radicalmente a incidência de oncocercose (a "cegueira dos rios") causada pelo verme Onchocerca volvulus, e pela filaríase linfática, infecção por trás da elefantíase, causada por vermes do gênero Filarioidea. Já Tu descobriu a artemisina, droga que combate os plasmódios, parasitas causadores da malária.


PRÉMIO NOBEL DA FÍSICA

O Prêmio Nobel de Física de 2015 foi concedido a Arthur B. McDonald, da Universidade Queens, do Canadá, e Takaaki Kajida, da Universidade de Tóquio, Japão pela descoberta de que os neutrinos, um tipo de partícula elementar, mudam de classe e possuem massa.
Ambos os físicos trabalharam em experimentos de detecção de neutrinos. Enquanto Kajita trabalhou na Colaboração Super-Kamiokande, que estudava neutrinos produzidos por raios cósmicos na atmosfera terrestre, McDonald trabalhou no Observatório de Neutrinos de Sudbury, que estudava neutrinos produzidos no Sol.
Até então, a maior parte dos físicos acreditava que os neutrinos eram partículas desprovidas de massa, como o fóton, a partícula de luz. A descoberta ajudou a consolidar a noção de que o Modelo Padrão, a teoria vigente da física de partículas, não é ainda uma descrição completa da realidade. Físicos continuam a estudar neutrinos em experimentos na pista sobre como aprimorá-la.

PRÉMIO NÓBEL DA QUIMICA

O Prêmio Nobel de Química de 2015 foi para três pesquisadores que descobriram mecanismos biomoleculares naturais que reparam erros no DNA, a molécula que contém as informações para o desenvolvimento e funcionamento dos seres vivos. Paul Modrich, 68, americano, Aziz Sancar, 69, turco e Tomas Lindahl, 77, sueco, dividem a premiação.
O DNA é uma molécula relativamente instável e sua composição pode ser danificada por diversos fatores. Os Lindahl, Sancar e Modrich descobriram cada um deles mecanismos que existem em praticamente todos os seres vivos e servem como "caixas de ferramentas" naturais para consertar esses defeitos que surgem espontaneamente.

PARTILHA NO FACEBOOK COM AMIGOS...

FRASES DE AUGUSTO KENGUE CAMPOS

AUGUSTO KENGUE CAMPOS

FRASES DE AUGUSTO KENGUE CAMPOS

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES (BAIXAR)

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

PROMOVA TEU EVENTO AQUI...

ENVIE-NOS NOVIDADES

ENVIE-NOS NOVIDADES