Partilha Nossa Página no Facebook JORNAL DE ANGOLA ATACA DEPUTADA ANA GOMES, ESCRITOR ÁGUALUSA E EMPRESÁRIO GEORGE SORO ~ Canal 82 | Agência de Notícias

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

JORNAL DE ANGOLA ATACA DEPUTADA ANA GOMES, ESCRITOR ÁGUALUSA E EMPRESÁRIO GEORGE SORO



AUGUSTO CAMPOS | LUANDA, 16 Outubro 2015:
Extraído do Jornal de Angola

As relações com Portugal caminham para o vazio total. Assim começa a coluna do Jornal de Angola.

Uma eurodeputada portuguesa, Ana Gomes, cúmplice do massacre de timorenses, um escritor que colaborou com o apartheid, José Eduardo Agualusa, e um empregado do multimilionário  George Soros, que se dispõe a ser o Mobutu angolano, dão machadadas ao que resta.


O trio conta com a cobertura permanente do jornal diário do milionário Belmiro de Azevedo e com o suporte do império mediático de outro milionário português, Francisco Pinto Balsemão. A Sonae de Belmiro perdeu um negócio em Angola e pelos vistos também Balsemão. As elites corruptas e desonestas portuguesas são despeitosas e vingativas. 
A dúvida que sobra é se o milionário Paulo Fernandes, patrão do grupo Cofina, também deu ordens ao chefe do seu “Jornal de Negócios” para alinhar sem pudor com o estilo do “Público”, “Expresso” e SIC. O diário de Paulo Fernandes, especializado em economia, incentivava ontem as empresas portuguesas a fugirem de Angola e, no melhor exemplo do actual jornalismo português, utilizava as páginas do jornal para traficar influências de empresários e detentores do poder económico em Portugal. O “Jornal de Negócios” transmitia ontem o recado de uma empresa de catering que “está à espera de um telefonema” para saber se um negócio avança ou não. A que ponto chegara... 
O império mediático português nas mãos de Belmiro, Balsemão e Fernandes decidiu a votação nas legislativas portuguesas. Em pouco tempo, a intenção de voto mudou. Nunca se viu nada igual no mundo. Em Portugal, “são os media, estúpido”!  O império quer  também decidir a relação com Angola, destruindo o pouco que sobra. Para isso, sem  o “contraditório”, dá voz e espaço a quem não tem legitimidade democrática nem voto na matéria. Que fiquem poucos, mas bons.

PARTILHA NO FACEBOOK COM AMIGOS...

FRASES DE AUGUSTO KENGUE CAMPOS

AUGUSTO KENGUE CAMPOS

FRASES DE AUGUSTO KENGUE CAMPOS

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES (BAIXAR)

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

PROMOVA TEU EVENTO AQUI...

ENVIE-NOS NOVIDADES

ENVIE-NOS NOVIDADES