Partilha Nossa Página no Facebook CIÊNCIA: VAI NASCER UM NOVO OCEANO EM ÁFRICA ~ Canal 82 | Agência de Notícias

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

CIÊNCIA: VAI NASCER UM NOVO OCEANO EM ÁFRICA



AUGUSTO CAMPOS | LUANDA, 26 Outubro 2015:

Uma fenda aberta em 2005 num deserto na Etiópia é considerada por alguns geólogos o berço de um novo oceano. A fenda Afar, com 56 quilómetros de extensão, oito metros de largura e entre dois e 12 km de profundidade, é, desde então, objecto da curiosidade de um grupo de geólogos britânicos, americanos e etíopes.


Tudo começou quando o vulcão Dabbahu, no terminal norte da fissura, entrou em erupção com grande violência, acompanhado de terramotos que sacudiram a região. O magma passou a fluir pela fenda, num processo chamado intrusão, ampliando-a. A zona é conhecida como o Grande Vale do Rifte e a falha começou a formar-se há mais de trinta milhões de anos e, previsivelmente, será o ponto de separação entre os continentes africano e asiático. Este tipo de fracturas abertas são habituais na crosta terrestre, especialmente sob os oceanos, onde é quase impossível irmos. Por isso, está a entusiasmar os geólogos porque puderam comprovar que as fendas produzidas pelo magma preso na crosta terrestre – que ao solidificar-se actua como uma cunha – acontecem em períodos de tempo muito menores do que se pensava. Para mais, permite assistir ao vivo ao que provavelmente será o nascimento de um novo mar quando a fissura atingir a costa e for inundada pela água. No entanto, dado que este acontecimento é produzido numa escala geológica ficaremos sem ver o seu final: levará uns 4 milhões de anos até que a fenda atinja um tamanho similar ao do Mar Vermelho (335 km de largura), que é também parte do Grande Vale do Rifte e tem a sua origem precisamente numa falha. EXEMPLO DE UM RIFTE EMERSO A Grande Fenda Africana é um complexo de falhas tectónicas criado há cerca de 35 milhões de anos com a separação das placas tectónicas africana e arábica. Esta estrutura estende-se no sentido norte--sul por cerca de 5000 km, desde o norte da Síria até ao centro de Moçambique, com uma largura que varia entre 30 e 100 km. É o melhor exemplo de um rifte emerso. Um rifte é a designação dada em geologia às zonas do globo onde a crosta terrestre e a litosfera associada estão a sofrer uma fractura acompanhada por um afastamento em direcções opostas de porções vizinhas da superfície terrestre. A PREVISÃO DO VULCANÓLOGO HAROUN TAZIEFF Esta fractura faz parte de um contexto tectónico já há muito conhecido. O célebre vulcanólogo francês Haroun Tazieff havia-o estudado nos anos 60 e tinha até levantado a hipótese de que a depressão de Afar iria abrir-se e formar um oceano. De facto, esta região situa-se no ponto de encontro de três eixos principais. A norte, os dois riftes oceânicos do Mar Vermelho e do golfo de Áden – ambos com velocidades semelhantes (à volta de 1,5 cm/ano) afastam o continente africano da península arábica. A sul, o rifte continental este-africano que, daqui a vários milhões de anos, se a sua actividade prosseguir, deverá separar a placa somaliana do continente africano. n DATAS DA CIÊNCIA 1979. 23 de Março Dá-se um acidente na central nuclear norte-americana de Three Mille Island, o pior de sempre nos EUA. Foram libertados gases radioactivos para a atmosfera e grandes quantidades de água contaminada foram para o rio próximo. A limpeza da área durou até 1983. 2001. 23 de Março Após 15 anos em órbita, a estação espacial russa ‘Mir’ é desactivada e destruída ao entrar na atmosfera terrestre. Serviu como laboratório para mais de vinte mil experiências e recebeu mais de 60 astronautas de 12 países. 1622. 25 de Março Com um telescópio mais poderoso do que o de Galileu , Christian Huygens, matemático, astrónomo e físico holandês, identificou os anéis de Saturno e descobriu a sua maior lua, Titã, a segunda maior do sistema solar, na altura baptizada ‘Saturni Luna’ ( Lua de Saturno), em latim. CM RESPONDE AEROSSÓIS Por que é que um spray, ao ser agitado, fica gelado?: Judite Chaves, Setúbal Dentro do recipiente existem dois componentes: o líquido a ser expelido e um gás responsável pelo lançamento do líquido para fora quando se abre a válvula. Quando o recipiente está em repouso, o líquido está separado do gás. Ao ser agitado, dois fenómenos ocorrem simultaneamente. De um lado, parte do gás dissolve-se no líquido, libertando uma pequena quantidade de calor. Por outro lado, o gás que não se misturou terá de ocupar um espaço maior, expandindo-se. Como o calor absorvido é maior do que o libertado, ocorre o arrefecimento das paredes do recipiente. ASTERÓIDES FAZEM RAZIA À TERRA O WISE (Wide Field Infrared Survey Explorer), lançado pela NASA nos últimos dias de 2009, é um telescópio na faixa do infravermelho que ficará a circular à volta da Terra ao longo dos pólos para fazer um mapa completo do Universo. A ideia é detectar galáxias longínquas, estrelas frias de mais para que a sua luz seja captada com precisão por outros telescópios e até asteróides escuros, escondidos nas profundezas do Sistema Solar, de onde podem surgir "repentinamente" para chocar com a Terra. A fase científica da missão começou em Janeiro e, desde então, o WISE já enviou mais de 250 mil imagens em infravermelho do Universo e, na realidade, descobriu asteróides tão escuros que são virtualmente invisíveis a outros teles-cópios e que poderão ter impacto sobre a vida na Terra. Em apenas seis semanas de observações, o WISE descobriu 16 asteróides anteriormente desconhecidos, com órbitas passando perigosamente próximas da Terra. Nada menos do que nove desses asteróides eventualmente ameaçadores reflectem menos do que um décimo da luz do Sol que incide sobre eles. NOVO MATERIAL CAPTURA DIÓXIDO DE CARBONO De acordo com um artigo publicado na revista ‘Science’, foi desenvolvido um cristal sintético tridimensional capaz de capturar emissões de dióxido de carbono directamente das chaminés e dos escapes dos automóveis antes que cheguem à atmosfera. Trata-se de uma nova classe de materiais, conhecidos como ‘estruturas metal-orgânicos’, ou MOF (Metal Organic Frame-works) que têm poros em nanoescala, nos quais é possível armazenar gases que normalmente são difíceis de confinar e transportar. MOVIMENTO DO MENOR MOTOR DA VIDA Cientistas desvendaram o funcionamento do menor motor biológico existente na natureza, descrevendo o mecanismo do seu movimento. O motor biológico é uma proteína, chamada quinesina, que funciona como um camião dentro das células, ajudando-as no seu processo de divisão. Além de elucidar um processo biológico fundamental, a pesquisa poderá ajudar no de-senvolvimento de medicamentos para o combate de doenças, como o cancro. NOTAS GENE: REGENERAÇÃO De acordo com uma pesquisa, a ausência do gene p21 deu a ratos a capacidade de regenerar tecido perdido ou danificado, como acontece com alguns répteis CLIMA: VULCÕES Os vulcões submersos, ao bombearem água rica em nutrientes para o oceano, exercem um importante papel na absorção de grandes quantidades de CO2 FOLÍCULOS: CÉLULA-TRONCO A célula-tronco que dá origem a todas as células diferentes da pele reside nos folículos capilares. É a esperança para vítimas de ferimentos e queimaduras VIA LÁCTEA: NÚMERO DE ESTRELAS 250 mil milhões de estrelas tem a Via Láctea, galáxia onde fica o planeta Terra, mas só seis mil podem ser vistas a olho nu.

PARTILHA NO FACEBOOK COM AMIGOS...

AUGUSTO KENGUE CAMPOS

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES

DIVULGA-TE AQUI...

DIVULGA-TE AQUI...

PROMOVA TEU EVENTO AQUI...

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

ENVIE-NOS NOVIDADES

ENVIE-NOS NOVIDADES