Partilha Nossa Página no Facebook ANGOLA CONVIDA VIETNAMITAS A INVESTIREM NA PLANTAÇÃO DE ARROZ ~ Canal 82 | Agência de Notícias

sábado, 8 de agosto de 2015

ANGOLA CONVIDA VIETNAMITAS A INVESTIREM NA PLANTAÇÃO DE ARROZ



AUGUSTO CAMPOS | LUANDA, 08 Agosto 2015:
DR / ANGOP

A visita oficial de três dias do vice-primeiro-ministro da República do Vietname, Hoang Trung Hai, à República de Angola, no âmbito do reforço da cooperação bilateral, constituiu dentre outros assuntos, o destaque político da semana que hoje, sábado, finda.
Em Luanda, o vice-primeiro-ministro vietnamita reuniu-se com o ministro de Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente da República, Edeltrudes Costa, e com os ministros das Relações Exteriores, Georges Rebelo Pinto Chikoti, da Indústria, Bernarda Gonçalves Martins, e da Agricultura, Afonso Pedro Canga.

Ainda nesta semana, questões da cooperação entre Angola e Moçambique estiveram no centro da audiência que o Presidente José Eduardo dos Santos concedeu ao embaixador deste país, Domingos Fernandes, em Luanda.

O diplomata moçambicano, que se foi despedir do estadista angolano, após 4 anos de missão diplomática, referiu à imprensa que aproveitou a ocasião para agradecer todo o apoio prestado pelas autoridades, durante o seu trabalho.

Quem também se foi despedir do Estadista José Eduardo dos Santos foi o embaixador da China, Gao Kexiang, que afirmou que as autoridades do seu país "estão satisfeitas pelo bom nível das relações bilaterais promovidas nos sectores da economia, comércio, cultura e outros, em benefício dos dois povos".

Nesta semana, o presidente da Assembleia Nacional (AN), Fernando da Piedade Dias dos Santos, recebeu em audiência o secretário executivo da Conferência Internacional da sub-região, Ntumba Luaba Alphonse, o coordenador do Sistema das Nações Unidas no país, Paolo Balladelli, o embaixador da China em Angola, Gao Kexiang, e o embaixador cessante de Moçambique em Angola, Domingos Estêvão Fernandes.

Constituiu também destaque, a abertura da II edição da Feira dos Municípios e Cidades de Angola (FMCA2015), sob o lema “A vida faz-se nos municípios”, com vista a fomentar o turismo e reduzir assimetrias que conta com mais de 300 exposições, inserida nas festividades dos 40 anos de Independência Nacional.

Por outro lado, o Serviço de Migração e Estrangeiros (SME) denunciou a existência de uma rede de falsários que se fazem passar por funcionários da instituição, com a possibilidade de facilitar o processo de ingresso aos quadros deste órgão do Ministério do Interior.

Face ao exposto, a Direcção do Serviço de Migração e Estrangeiros apelou ao público para a denúncia de tais actos junto das esquadras de polícia ou por via do portal do SME, através do correio electrónico geral@sme.ao

A Angop também destacou que o processo dos 15 cidadãos angolanos detidos, acusados de tentativa de promoção de acções tendente a uma insurreição ou alteração grave à ordem e tranquilidade pública em Angola, encontra-se em fase final de instrução, como anunciou o vice-procurador-geral da República, Hélder Pita Grós.

Fez igualmente nota alta o facto de autoridades angolanas e vietnamitas terem rubricado uma Declaração de Amizade entre a província de Benguela e a de Danang, na sequência da visita do vice-primeiro-ministro da República Socialista do Vietname, Hoang Trung Hai.

Constituiu igualmente interesse noticioso o encontro entre o governador da província do Huambo, Kundi Paihama, e o presidente da Unita, Isaías Samakuva, no qual abordaram, essencialmente, aspectos ligados à situação política, social e económica da região.

Assunto igualmente realçado foi o de que o executivo está comprometido com a efectivação de um sistema integrado e eficiente de promoção e protecção dos Direitos Humanos, declaração feita pelo secretário de Estado da Justiça para os Direitos Humanos, António Bento Bembe.

Noutra vertente o chefe do Estado-Maior General-adjunto das Forças Armadas Angolanas (FAA) para Educação Patriótica, Egídio de Sousa Santos "Disciplina", afirmou que Angola, devido à posição geoestratégica e potencialidades em recursos naturais tem sido alvo de tentativas de desestabilização com incentivos à desobediência e desacatos às autoridades legalmente instituídas.

Esta afirmação, também destacada pela Angop, foi feita quando o general discursava na abertura do 6º curso de estratégia e arte, destinado a oficiais generais e almirantes das Forças Armadas Angolanas.

PARTILHA NO FACEBOOK COM AMIGOS...

AUGUSTO KENGUE CAMPOS

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES

DIVULGA-TE AQUI...

DIVULGA-TE AQUI...

PROMOVA TEU EVENTO AQUI...

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

ENVIE-NOS NOVIDADES

ENVIE-NOS NOVIDADES