Partilha Nossa Página no Facebook HOQUEI EM PATINS: ANGOLA ASSUSTA CAMPEÃ ESPANHÃ ~ Canal 82 | Agência de Notícias

segunda-feira, 22 de junho de 2015

HOQUEI EM PATINS: ANGOLA ASSUSTA CAMPEÃ ESPANHÃ


-----
AUGUSTO CAMPOS | LUANDA, 22 Junho 2015
DR/JA


A Selecção Nacional de hóquei em patins consentiu ontem a primeira derrota no Campeonato do Mundo diante da Espanha, por 3-1, após a marcação de grandes penalidades, fruto da igualdade a uma bola registada no tempo regulamentar, em partida disputada no pavilhão de Vendeespace, referente à segunda jornada do Grupo A da prova que decorre na cidade francesa de La Roche Sur Yon.
Este encontro foi tido como o mais renhido até aqui, face à postura apresentada pelos angolanos diante do campeão em título. A par do que aconteceu na jornada inaugural, o combinado nacional começou em desvantagem. Na sequência de uma grande penalidade, Pedro Gil inaugurou o marcador aos sete minutos.
O adversário mostrou-se sempre muito perigoso, a julgar pela qualidade técnica dos seus executantes, e  jogava a maior parte do tempo no meio reduto angolano, onde Francisco Veludo foi chamado a intervir várias vezes  para travar os fortes remates. Angola teve de redobrar as atenções, porquanto poucas vezes conseguia sair com a bola em  circulação. 
Além do seu ataque, a Espanha mostrou igualmente eficácia a defender. A faltarem segundos para o intervalo, Andrá Centeno tentou surpreender com um remate surpresa, mas o guarda-redes espanhol respondeu com uma boa defesa. 
Angola entrou mais determinada na segunda parte e conseguiu sacudir relativamente a pressão, embora a Espanha não tivesse abdicado da contenção de bola, seguida de incursões pelas alas, concluídas com remates cruzados, na esperança de encontrar um avançado para dar o toque final. Mas Francisco Veludo esteve sempre atento.
Aos 31 minutos, Nery, numa jogada individual de belo efeito foi rasteirado. Chamado a cobrar, Martin Payero rematou à trave, deixando escapar a possibilidade de empatar. Nesta altura assistia-se a uma partida mais equilibrada, com ataques repartidos. A selecção espanhola chegou a recorrer a faltas sucessivas para travar o ataque angolano.
Foi numa destas jogadas que João Pinto “Johe”, com uma série de simulações, bateu a marcação e rematou para o ângulo superior esquerdo e fez o golo da igualdade. Alegria da claque composta por duas dezenas de angolanos residentes em França. A partir daí,  Angola passou a mandar na partida, com mais posse de bola, causando calafrios aos campeões em título.
Nos últimos segundos da etapa regulamentar, Angola teve a possibilidade de fazer o golo da vitória, mas Pedro Gil ofereceu o corpo à bola de maneira irregular. Na sequência foi assinalada falta, mas os árbitros não admoestaram o infractor, quando este teve a clara intenção de impedir que a bola chegasse à baliza. 
No desempate das penalidades, a Espanha foi mais feliz, ao concretizar duas, contra nenhuma de Angola. 
O próximo adversário é a França, amanhã, quando forem 20h15. A equipa folga hoje e aproveita para fazer um passeio turístico na cidade de La Roche Sur Yon.

PARTILHA NO FACEBOOK COM AMIGOS...

AUGUSTO KENGUE CAMPOS

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES

DIVULGA-TE AQUI...

DIVULGA-TE AQUI...

PROMOVA TEU EVENTO AQUI...

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

ENVIE-NOS NOVIDADES

ENVIE-NOS NOVIDADES