Partilha Nossa Página no Facebook FALÊNCIAS PROCEGUEM EM PORTUGAL, NOVO BANCO SERÁ VENDIDO ~ Canal 82 | Agência de Notícias

quarta-feira, 1 de abril de 2015

FALÊNCIAS PROCEGUEM EM PORTUGAL, NOVO BANCO SERÁ VENDIDO

 

AUGUSTO CAMPOS | LUANDA, 31 Março 2015: O Banco de Portugal revelou esta segunda-feira que duas das 17 demonstrações de interesses apresentadas pela compra do Novo Banco em Dezembro do ano passado não cumpriam os requisitos de pré-qualificação necessários. Agora, o processo entrou na segunda fase e o supervisor financeiro quer que os candidatos apresentem propostas não-vinculativas até 20 de Março.

“O Banco de Portugal procedeu à verificação do cumprimento dos requisitos de pré-qualificação por parte de cada uma daquelas entidades, tendo oportunamente determinado que aqueles requisitos se encontravam cumpridos no caso de 15 entidades”, anunciou em comunicado a instituição liderada por Carlos Costa.
O Banco de Portugal revelou ainda que “foi solicitado a cada uma das entidades pré-qualificadas a assinatura de um acordo de confidencialidade” e que estas 15 entidades deverão apresentar até 20 de Março, data em que termina a segunda fase de processo de alienação, as suas “propostas não-vinculativas para aquisição do Novo Banco”.
Segundo o supervisor financeiro, o convite para apresentação de propostas “foi acompanhado do caderno de encargos que estabelece o procedimento a seguir na fase de propostas não-vinculativas (“Fase II”) e de um “Memorando Informativo” contendo informação sobre o Novo Banco”, adianta o comunicado.
Entre as diversas instituições que já manifestaram interesse em comprar o Novo Banco estão o BPI, Santander, Fosun, Banco Popular e o fundo Apollo.
O Novo Banco, gerido por Stock da Cunha, surgiu na sequência da intervenção das autoridades no BES no início de Agosto, dividindo aquele que era a segunda maior instituição financeira em duas entidades. O BES ficou com os activos considerados "tóxicos", e o Novo Banco com os restantes activos. Através do Fundo de Resolução, foram aplicados 4900 milhões de euros no Novo Banco, dos quais 3900 milhões foram emprestados pelo Estado.
Este é o valor indicativo para a venda, mas dificilmente será alcançado. A diferença entre o montante do empréstimo e o valor da venda terá de ser suportado pelos outros bancos, que estão no Fundo de Resolução.

Tag: Novo Banco Portugal, Chineses compram novo Banco Português.
 
Share on Facebook 

AUGUSTO KENGUE CAMPOS

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES

DIVULGA-TE AQUI...

DIVULGA-TE AQUI...

PROMOVA TEU EVENTO AQUI...

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

ENVIE-NOS NOVIDADES

ENVIE-NOS NOVIDADES