Partilha Nossa Página no Facebook DROGA E AS SUAS CONSEQUÈNCIAS ~ Canal 82 | Agência de Notícias

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

DROGA E AS SUAS CONSEQUÈNCIAS

 

AUGUSTO CAMPOS, LUANDA, 22 Outubro 2014: 



História e conceito

O que é droga?


Intitulamos “droga” qualquer substância ou ingrediente utilizado em laboratórios, farmácias, tinturarias, etc., desde um pequeno comprimido para aliviar uma dor de cabeça ou até mesmo uma inflamação, é uma droga. Contudo, o termo é comumente empregado a produtos alucinógenos ou qualquer outra substância tóxica que leva à dependência como o cigarro, e o álcool, que por sua vez têm sido sinônimo de entorpecente. As drogas psicoativas são substâncias naturais ou sintéticas que ao serem penetradas no organismo humano, independente da forma (ingerida, injetada, inalada ou absorvida pela pele), entram na corrente sanguínea e atingem o cérebro alterando todo seu equilíbrio, podendo levar o usuário a reações agressivas.


O que leva uma pessoa a usar drogas?

Pesquisas recentes apontam que os principais motivos que levam um indivíduo a utilizar drogas são: curiosidade, influência mais comum são de amigos, vontade, desejo de fuga, principalmente de problemas familiares, coragem para tomar uma atitude que sem o uso de tais substâncias não tomaria, dificuldade em enfrentar ou agüentar situações difíceis, hábito, dependência, rituais, busca por sensações de prazer, tornar-se calmo, servir de estimulantes, facilidades de acesso e obtenção e etc. 

As drogas são substâncias que provocam alterações físicas, psicológicas que afeta toda a estrutura do indivíduo. O seu uso contínuo além de gerar sérios problemas pode levar à morte. Os principais usuários são adolescentes entre 16 e 18 anos, Segundo pesquisas 13% dos jovens brasileiros nesta faixa etária consomem maconha.
        As drogas são classificadas como depressoras, estimulantes, perturbadoras e outras drogas de abuso.
* Depressoras da atividade de SNC: álcool, calmantes, sedativos, tranquilizantes ou ansiolíticos, solvente ou inalantes, heroína, apiáceos ou narcóticos. A heroína é uma substância inalável. Excepcionalmente, pode ser injetada, o que leva a um quadro de euforia. Quando inalada, porém, resulta em forte sonolência, náuseas, retenção urinária e prisão de ventre – efeitos que duram cerca de quatro horas. 
*  Estimulantes da atividade do SNC: tabaco, cocaína, crack, merla e anfetaminas. As anfetaminas podem ser ingeridas, injetadas ou inaladas. Sua ação dura cerca de quatro horas e os principais efeitos são a sensação de grande força e iniciativa, excitação, euforia e insônia. A cocaína também pode ser inalada, ingerida ou injetada. A duração dos efeitos varia, as a chamada euforia breve persiste por 15 a 30 minutos, em média. Nos primeiros minutos, o usuário tem alucinações agradáveis, euforia, sensação de força muscular e mental. Os batimentos cardíacos ficam acelerados, a respiração torna-se irregular e surge um quadro de grande excitação. 
*  Perturbadoras da atividade da atividade do SNC: maconha, cogumelos, planta alucinógenas, anti-colinérgicos, LSD- 25.
*  Outras drogas de abuso: esteroides anabolizantes.  
Tipos de Drogas
Drogas estimulantes

As drogas estimulantes mais conhecidas são as anfetaminas, a cocaína e seus derivados. As anfetaminas podem ser ingeridas, injetadas ou inaladas. Sua ação dura cerca de quatro horas e os principais efeitos são a sensação de grande força e iniciativa, excitação, euforia e insônia. Em pouco tempo, o organismo passa a ser tolerante à substância, exigindo doses cada vez maiores. A médio prazo, a droga pode produzir tremores, inquietude, desidratação da mucosa (boca e nariz principalmente), taquicardia, efeitos psicóticos e dependência psicológica.

cocaína também pode ser inalada, ingerida ou injetada. A duração dos efeitos varia, as a chamada euforia breve persiste por 15 a 30 minutos, em média. Nos primeiros minutos, o usuário tem alucinações agradáveis, euforia, sensação de força muscular e mental. Os batimentos cardíacos ficam acelerados, a respiração torna-se irregular e surge um quadro de grande excitação. Depois, ele pode ser náuseas e insônia. Segundo os especialistas, em pessoas que têm problemas psiquiátricos, o uso de cocaína pode desencadear surtos paranóides, crises psicóticas e condutas perigosas a ele próprio ou a terceiros. Fisicamente, a inalação deixa lesões graves no nariz e a injeção deixa marcas de picada e o risco de contaminação por outras doenças (DST/aids). Em todas as suas formas, causa séria dependência, sendo o crack o principal vilão.
Alucinógenos

As drogas alucinógenas mais comuns são a maconha, o haxixe, o LSD, os cogumelos e o ecstasy.  

maconha e o haxixe são usadas em forma de cigarro (também pode ser cheirada ou ingerida). Seu efeito dura entre uma e seis horas. Inicialmente, o usuário tem a sensação de maior consciência e desinibição. Ele começa a falar demais, rir sem motivo e ter acessos de euforia. Porém, ele pode perder a noção de espaço (os ambientes parecem maiores ou menores) e a memória recente, além de apresentar um aumento considerável do apetite (“larica”). A maconha costuma afetar consideravelmente os olhos, que ficam vermelhos e injetados. Com o tempo, pode causar conjuntivite, bronquite e dependência. Em excesso, pode produzir efeitos paranóicos e pode ativar episódios esquizofrênicos em pacientes psicóticos.

LSD é encontrado em tabletes, cápsulas ou líquido e é ingerido. Sua ação dura entre 10 e 12 horas. Inicialmente, a droga intensifica as percepções sensoriais, principalmente a visão, e produz alucinações. Com o tempo, pode causar danos cromossômicos sérios, além de intensificar as tendências psicótica, à ansiedade, ao pânico e ao suicídio, pois gera um medo enlouquecedor. O usuário costuma dizer que ouve, toca ou enxerga cores e sons estranhos; fala coisas desconexas e tem um considerável aumento da pupila.

Já o cogumelo, geralmente, é ingerido em forma de chá. Seu efeito dura cerca de seis a oito horas, propiciando relaxamento muscular, náuseas e dores de cabeça, seguidos de alucinações visuais e auditivas. A médio prazo, não se conhecem seus efeitos sobre o organismo. Seus sintomas são muito parecidos com os do LSD.

Mais recentemente, surgiu no mercado das drogas o Ecstasy, um comprimido que vem sendo comercializado cada vez mais em todo o mundo. Seus efeitos também são alucinógenos, como no caso do LSD e a dependência é inevitável.

As Consequências Provocadas pelo Consumo de Droga
Que efeitos provocam nas pessoas o uso da droga?
Umas perturbam a pessoa, podendo mesmo fazê-la ter alucinações, ter ideias de perseguições, ficar angustiada ou em pânico: são drogas perturbadoras ou psicodislépticas.
Outras adormecem a pessoa, que fica assim sedada, não se capaz de estar activa: são drogas sedativas ou psicodislépticas.
Outras estimulam momentaneamente a pessoa, dão sensação de ter muita energia: são drogas estimulantes ou psiconalépticas.
Consequências psíquicas:
  • Dificuldades ou paragem no crescimento,
  • Perturbação do comportamento;
  • Perdas afectivas, solidão;
  • Perda da capacidade lúdica;
  • Sensações de ansiedade;
  • Depressão e até suicídio;
  • Psicose.
Consequências Físicas:
  • Doenças infecto-contagiosas (sida, hepatites, tuberculose, doenças sexualmente transmitidas, septicémias ); os toxicodependentes partilham as seringas, pelo que há contactos de sangue que provocam o contágio de algumas destas doenças.
  • Doenças cardiovasculares;
  • Doenças pulmonares;
  • Doenças relacionadas com a locomoção;
  • Overdoses, que é a morte provocada pela ingestão de excesso da quantidade de droga.
Tag: Drogas e as Suas Consequências, Jovens e a Droga, dragas e a sociedade angolana, os jovens e adroga matéria.

PARTILHA NO FACEBOOK COM AMIGOS...

AUGUSTO KENGUE CAMPOS

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES

LIVRO: O MISTÉRIO DAS RELIGIÕES

DIVULGA-TE AQUI...

DIVULGA-TE AQUI...

PROMOVA TEU EVENTO AQUI...

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

MÚSICO, PROMOVE-TE AQUI

ENVIE-NOS NOVIDADES

ENVIE-NOS NOVIDADES